Gabinete Sharkoon Mini ITX QB ONE

Avaliacões (7)
Passe o mouse e arraste para zoom.
produto_disponivel

R$ 288,12
Em 10x sem juros no cartão de R$ 28,81
R$ 244,90 à vista
no boleto bancário com 15% de desconto.

PARCELAMENTO

  • 1x R$ 259,31 sem juros
  • 2x R$ 136,85 sem juros
  • 3x R$ 91,24 sem juros
  • 4x R$ 72,03 sem juros
  • 5x R$ 57,62 sem juros
  • 6x R$ 48,02 sem juros
  • 7x R$ 41,16 sem juros
  • 8x R$ 36,02 sem juros
  • 9x R$ 32,01 sem juros
  • 10x R$ 28,81 sem juros

X Fechar

Opções de frete para sua região

Frete Prazo Valor
CALCULE O FRETE

Calcule o frete e o prazo de entrega para sua região.

» Não sei meu CEP

LISTA DE DESEJOS ENVIE A UM AMIGO

COMPARTILHE

 

APROVEITE - COMPRE JUNTO
DESCRIÇÃO DO PRODUTO

A case todo preto QB ONE Mini-ITX PC oferece a máxima flexibilidade dentro do menor espaço. Graças ao seu layout sofisticado, a case de alta qualidade oferece mais de espaço suficiente para todos os componentes necessários. Com as suas dimensões compactas de apenas 36,8 x 22,5 x 18,0 centímetros (L x W x H), é ideal para o uso móvel e economia de espaço. O design elegante é recomendado para uso na sala de estar, por exemplo, como um poderoso PC gaming. Graças à disposição inteligente dos controlos e das portas, o processo pode ser utilizado tanto na horizontal como na vertical. Além disso, fontes de alimentação ATX convencionais podem ser instalados, em que o uso de fontes de alimentação SFX proporcionar ainda mais espaço.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

Características:

- Marca: Sharkoon 

- Modelo: ITX QB ONE

 

Especificações:

- Fator de forma: Mini-ITX

- Slots de expansão: 2

- Pintura Interior

- Painel lateral: Metal

- Dimensões: 36.8 x 22.5 x 18.0 cm

 

I / O:

- USB 3.0 (Frontal): 2 *

- USB 2.0 (Frontal): 2

- Áudio (Frente)

 

Baias:

- 3.5 "ou 2.5": 2

- 2.5 ": 1 **

 

Fan de configuração:

- Painel traseiro: 1x ventoinha de 80 mm (opcional) **

- Painel superior: 1x ventoinha de 120 mm (pré-instalado) ou 1x 240 milímetros radiador (opcional)

 

Compatibilidade:

- Mainboard: Mini-ITX

- Max. Comprimento Placas Gráficas: 31,5 cm

- Max. Altura Cooler: 15,0 cm

- Max. Comprimento Fonte de alimentação: 14,5 cm

- Max. Altura Radiator incl. Ventilador: 5,0 cm

- Fonte de energia: SFX / ATX (não compatível com fontes de alimentação ATX modulares)

 

Nota:

- Interno de 19 pinos conector mainboard incl. USB Plug 2.0

- Instale qualquer fã 2,5 "drive ou 80 mm no painel traseiro

 

Conteúdo da emabalagem:

- 01 QB ONE

- 01 Jogo de acessórios




Garantia
12 meses de garantia

Peso
3580 gramas (bruto com embalagem)

OPINIÕES
    • Média
    • Custo Benefício
    • Características
    • Qualidade
    • Desempenho
    • 5
    • 5
    • 5
    • 5
    • 5
    Simplesmente o melhor gabinete mini ITX na sua faixa de preço (11/12/2017 - #1067971)
    Opinião Geral: "Com apenas 14.9 Litros de volume (menor que um CoolerMaster Elite 110), esse é um dos menores gabinetes mini ITX do mercado, e ele consegue isso sem a limitação típica de outros gabinetes mini ITX. É possível instalar uma placa de vídeo grande nele (até 31.5cm), e o gabinete traz excelente flexibilidade para instalação de coolers, permitindo instalação de um WC de até 240mm (algo que a maioria dos gabinetes mini ITX desse tamanho não permite). Para quem não usa um Watercooler esse gabinete também é excelente; por causa da posição da fonte no layout desse gabinete (na frente da placa-mãe, e não em cima da placa-mãe como muitos outros gabinetes mITX), ele também deixa bastante espaço livre em cima da CPU, permitindo a instalação de aircoolers de maiores dimensões (até 15cm de altura). O mais curioso é que encontrei esse gabinete por acidente em minhas pesquisas, pois nunca havia ouvido falar da marca. Por ser uma marca pouco conhecida no mercado, não se encontram muitos reviews e muitas informações sobre seus produtos, o que é uma pena, pois o QB One é simplesmente o melhor gabinete mini ITX em sua faixa de preço. O QB One é o gabinete perfeito para quem quer montar uma máquina potente (placa de vídeo full-size e um WC de 240mm) e que, ao mesmo tempo, é compacta e portátil, fácil de levar em viagens, sem precisar gastar um rio de dinheiro que gastaria comprando um gabinete ITX como um NCase M1 (175 dólares nos EUA; chegaria no Brasil por quase R$1.000,00 contando frete e impostos). Inclusive, o QB One é tão barato que, dias após eu comprar minha primeira unidade, a Kabum colocou o modelo em oferta, o que me deixou um pouco chateado pois senti que perdi dinheiro ao comprar a unidade mais cara apenas alguns dias antes, porém, resolvei aproveitar a oferta e acabei comprando um segundo modelo, gostei tanto do gabinete que não poderia perder a oportunidade de comprar mais um por um valor tão baixo. Tendo dito isso, é importante levar em consideração alguns pontos. O primeiro é que esse gabinete não permite instalação de uma fonte ATX modular (ele permite o uso de fonte ATX, mas não-modular e de no máximo 14.5cm de comprimento). Isso não é um problema para mim, pois eu tenho a crença de que não faz sentido montar um gabinete super compacto e leve e querer botar uma fonte enorme e pesada nele. Se você vai montar uma máquina ITX, o correto é utilizar uma fonte SFX. Eu utilizo uma Corsair SF600 (que é um pouco cara, porém, como economizei comprando um gabinete barato, acabou sobrando dinheiro para investir em uma fonte melhor). Para quem está com maiores limitações no orçamento, a própria Sharkoon tem uma fonte 500w SFX-L por excelente custo que é perfeitamente compatível com o QB One. Porém, o formato SFX-L é maior que o SFX, deixando menos espaço livre, e a potência máxima de 500w pode ser pouco para pessoas utilizando máquinas mais potentes, pois uma placa de vídeo GeForce 1080Ti (como a que eu uso) sozinha pode chegar a consumir 300w. Se somar isso com um CPU i7 8700K overclockado, o consumo fica perigosamente próximo dos 500w (e o ideal é não operar em 100% da fonte), por esse motivo também, acabei optando por uma fonte de 600w (que, além de tudo, é menor e mais leve que a de 500w da Sharkoon). O outro (e provavelmente maior) problema desse gabinete é que o suporte para instalação de SSD/HDD dele é fixo por rebites, o que exige a utilização de ferramentas específicas para realizar sua remoção. Isso é muito relevante pois esse suporte acaba roubando um espaço muito precioso que você poderia utilizar na instalação de fans para o Watercooler. Para quem utiliza apenas 1 SSD de 2.5 como eu (o meu SSD primário é um M.2 que fica na placa-mãe, e pretendo logo trocar meu 2.5pol por outro M.2, pois a placa-mãe que utilizo possui dois slots M.2, dessa forma eu fico totalmente livre de drives ´externos´, o que libera espaço no gabinete e também permite com que eu me livre dos inconvenientes cabos de energia e cabo de dados que os SSDs de 2.5 pol exigem). Mesmo para quem usa SSD de 2.5 pol, esse suporte é completamente desprezível (pois o QB One possui um terceiro ponto de fixação para SSD 2.5, além do mais, mesmo sem suporte, seria possível prender o SSD em cima da fonte com velcro ou dupla-face, como muitas pessoas acabam fazendo em gabinetes compactos) e a existência desse suporte é um enorme inconveniente. Eu utilizo um Watercooler Corsair H105, que utiliza um radiador mais grosso que o padrão (38mm) e, por causa da espessura dele, foi possível instalar apenas 1 fan de 120mm, o outro lado ficou sem fan em função do suporte não permitir. Para quem utiliza radiadores mais finos (30mm ou menos), há espaço suficiente para instalar 2 ventiladores mesmo com o suporte, porém, vale lembrar que o suporte fica no caminho de uma das ventoinhas e restringe bastante o fluxo de ar. Como não tenho ferramentas em casa, terei de levar o gabinete na oficina de um amigo, onde farei a remoção dos rebites e removerei o suporte. Com isso feito, será possível instalar o segundo fan (sem nenhuma restrição de fluxo), e além disso será possível instalar 2 ventoinhas adicionais, formando uma configuração push-pull com 4 ventoinhas, pois a remoção do suporte libera espaço suficiente para permitir que todo o conjunto do radiador seja deslocado para baixo e o gabinete possui espaço suficiente para comportar um radiador de 240mm com 4 fans em configuração push-pull; basta apenas remover o inconveniente suporte de SSD/HDD. O mais interessante de tudo é que, removendo o suporte, você pode optar em instalar, no lugar de um radiador de 240mm, dois radiadores de 120mm; um para o CPU e um para a placa de vídeo. Para quem, como eu, gosta de rodar jogos em 4K, sabe que o gargalo de desempenho é a placa de vídeo, não a CPU. Assim sendo, faz mais sentido investir em um cooler bom para a placa de vídeo, mesmo que isso signifique ter que reduzir o tamanho do cooler da CPU (tenho uma segunda máquina que utiliza uma placa de vídeo refrigerada a água com um Kraken G10, e pretendo instalar essa placa também no QB One, utilizando o combo de 2 radiadores de 120mm ao invés de um de 240mm). De toda forma, é bom saber que o gabinete lhe dá essa opção uma vez que o suporte é removido. Por fim, gostaria de falar também do visual e do acabamento do produto. Diferente do seu irmão Sharkoon C10 (que tem um visual bastante discutível), o QB One tem visual limpo e bonito, ele é discreto e facilmente se encaixa em qualquer tipo de ambiente se chamar atenção negativa. O único aspecto negativo, em termos de visual, é a próprio logo da Sharkoon, que eu particularmente considero feio, porém, não deve ser difícil remove-la (ainda não tentei remove-la, mas pretendo) para ter um gabinete com visual mais limpo e agradável. A construção do gabinete também é surpreendentemente boa e sólida, não devendo nada para gabinetes de marcas mais renomadas como CoolerMaster e Corsair (duas marcas das quais também possuo gabinetes). Ao vivo, o gabinete traz a noção de ser muito robusto, sólido, e o acabamento/pintura são de boa qualidade e todas as placas encaixam bem. Por fim, o QB One é gabinete mini ITX extremamente poderoso, em sua faixa de preço não há nada que chega nem perto dele na relação tamanho X flexibilidade (o mais próximo que você chega dele é com o NCase M1, e aí estamos falando de um gabinete de mil reais) e seu único grande defeito é o suporte de HDD/SDD que é rebitado no gabinete ao invés de ser parafusado, o que exige o uso de ferramentas especiais para remoção; porém, em frente à tantas outras qualidades, e considerando seu custo, esse problema é perdoável. Uma vez feita a remoção do suporte, o QB One se torna o gabinete mini ITX perfeito."
    Prós: "-Tamanho (apenas 14.9 Litros) -Permite instalação de placa de vídeo grande -Permite instalação de um radiador de 240mm (ou dois de 120mm, se você remover o suporte) -Permite instalação de aircooler de até 15cm de altura (para quem não usa WC) -Visual e construção; gabinete muito bonito e bem construído, algo que você não espera nessa faixa de preço -Custo; não há nada nem próximo em sua faixa de preço"
    Contras: "-O suporte de HDD/SDD é rebitado, exigindo o uso de ferramentas especiais para sua remoção. -Não recomendado para quem quer utilizar uma fonte ATX."
    Cliente: Richard (Curitiba - PR)
    • Média
    • Custo Benefício
    • Características
    • Qualidade
    • Desempenho
    • 5
    • 5
    • 5
    • 5
    • 5
    mUITO BOM (17/09/2017 - #1029810)
    Opinião Geral: "Produto de qualidade. Cumpre seu papel muito bem."
    Prós: "Bom acabamento.Espaço bem distribuído. Boa ventilação. Bom designer. Excelente custo x beneficio."
    Contras: "Apenas duas sugestões: Poderia vir com um cooler adicional. A solução de fixação dos Hd poderia ser melhorada."
    Cliente: Fernando (Rio de Janeiro - RJ)
    • Média
    • Custo Benefício
    • Características
    • Qualidade
    • Desempenho
    • 5
    • 5
    • 5
    • 5
    • 5
    Excelente (27/08/2017 - #1018779)
    Opinião Geral: "Ótimo custo benefício, um dos poucos gabinetes ITX de qualidade e acessíveis vendidos no Brasil. Comportou a minha build Ryzen 1700, e apesar de dizer não ser compatível com fonte modular, consegui colocar a minha semi modular, de forma bem justa."
    Prós: "-ITX acessível e de qualidade -Ótima estrutura para ventilação, e acompanha uma ventoinha -Extremamente compacto e mesmo assim compatível com placas de vídeo grandes"
    Contras: "-Nada"
    Cliente: Anônimo (Suzano - SP)
    • Média
    • Custo Benefício
    • Características
    • Qualidade
    • Desempenho
    • 5
    • 5
    • 5
    • 5
    • 5
    Bom, mas podia suportar mais HDDs (24/08/2017 - #1016835)
    Opinião Geral: "Cabem apenas 2 HDDs, mas há espaço para pelo menos mais um. Se viesse um suporte para outro disco daria um belo gabinete para um NAS"
    Prós: "Boa qualidade"
    Contras: "Poderia suportar outro HDD"
    Cliente: Anônimo (São Paulo - SP)
    • Média
    • Custo Benefício
    • Características
    • Qualidade
    • Desempenho
    • 5
    • 5
    • 5
    • 5
    • 5
    Ótimo (23/08/2017 - #1016592)
    Opinião Geral: "Muito bom."
    Prós: "Pequeno."
    Contras: "Nenhum."
    Cliente: Yuri (Rio de Janeiro - RJ)
    • Média
    • Custo Benefício
    • Características
    • Qualidade
    • Desempenho
    • 5
    • 5
    • 4
    • 5
    • 5
    Pequeno e caprichado (21/04/2017 - #984782)
    Opinião Geral: "Apesar do tamanho aceita a maioria das peças do mercado"
    Prós: "Pequeno e protegido por filtros anti poeira"
    Contras: "Não aceita leitor ótico"
    Cliente: Rubin (Rio de Janeiro - RJ)
    • Média
    • Custo Benefício
    • Características
    • Qualidade
    • Desempenho
    • 5
    • 5
    • 5
    • 5
    • 5
    Ótimo (13/09/2016 - #895317)
    Opinião Geral: "Consegui colocar 4 HDs de 2,5´ bem acomodados. Caberia até mais um no fundo. Meu Hackintosh ficou show ;-)"
    Prós: "Acabamento, qualidade do material, preço"
    Contras: "O logo da frente poderia vir solto, assim como os pés para alterar a posição de uso."
    Cliente: Roberson Afonso Naves (Mococa - SP)